>> Nova técnica acelera recuperação de tecidos e cartilagens


Nova técnica acelera recuperação de tecidos e cartilagens

 
 
 O plasma rico em plaquetas, ou simplesmente PRP, é a nova técnica regenerativa usada para acelerar a regeneração de tecidos musculares, tendões e cartilagens lesionados. Por estas características têm sido muito utilizado na medicina esportiva e ganhou destaque após aplicação em atletas de futebol americano, nos EUA, bailarinos e artistas, inclusive brasileiros.
 
 Não há uma certeza da origem desse tratamento. Porém, alguns registros indicam que os primeiros a aplicar essa técnica foram os dentistas espanhóis, em 2001. Somente após alguns anos o método passou também a ser usado por ortopedistas do mundo inteiro.
 
 
Entre os defensores da aplicação do PRP está Vicente Carlos Franco Macedo, médico membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia – SBOT. De acordo com o ortopedista, o plasma rico em plaquetas contribui significamente na cicatrização dos tecidos operados.
 
 
“O PRP é retirado na hora da cirurgia do próprio paciente. Colhemos o sangue, centrifugamos e depois usamos apenas a parte das plaquetas que se separam da parte vermelha na centrifugação. Em seguida, é injetado diretamente na área da lesão ou cirurgia. A alta concentração de plaquetas catalisa o crescimento de novas células. Parece também que atua potencializando a cicatrização e vascularização”, explica.
 
 
Estudos recentes demonstram algumas patologias que estão sendo beneficiados com uso do PRP. Entre elas estão lesões tendinosas de uma maneira geral (epicondilite lateral e medial do cotovelo, tendinite patelar, lesões do manguito rotador do ombro, lesões do tendão de Aquiles), algumas lesões ligamentares do joelho e ainda casos de artrose.
 
 
“Outro fator favorável ao uso PRP é que não existe chance de rejeição, uma vez que é retirado do próprio paciente. Além de proporcionar menor tempo de internação, com recuperação mais rápida e sem cicatrizes”, aponta o médico.

 

© 2019 Plasma Rico em Plaquetas - Todos os direitos reservados.